“Se eu subir aos céus, Deus ali estará, pelas asas da alvorada nos extremos do mar. Seja onde for, a Tua mão me guiará”.

(Trecho da música “Proteção”, da banda RM6)

Deus, foi nessa certeza que vivemos não somente esses quatro anos, mas, também, cada dia de nossas vidas. A certeza era de que Tu estavas presente em todos os momentos — fossem eles felizes, tristes, de incertezas e fraquezas — quando pensávamos que, por nossas forças, não conseguiríamos seguir em frente. Nesses momentos, a palavra do Senhor nos consolava, dizendo que “o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã”. E é com essa alegria, hoje renovada, que estamos aqui para, mais uma vez, agradecer pelo Teu amor, Tua bondade e, principalmente, por essa vitória. Colocamo-nos como instrumentos Teus, para que, através das nossas mãos, o Senhor realize proezas na vida daqueles que necessitam de nós. Que o Senhor nos abençoe, guarde-nos e derrame, eternamente, bênçãos e mais bênçãos sobre as nossas vidas. Em nome de Jesus, pedimos e agradecemos. Amém!