Ainda tão pequeno, deixei você em casa para me envolver nos estudos, aulas e plantões. Sei que, sem entender, sentiu minha falta e procurou por mim. Saiba, porém, meu filhinho, que também senti, por demais, sua ausência e que desejava ver-lhe a todo momento. Chorei e sorri, várias vezes, sozinha, só de pensar em você. Com você ao meu lado encontrei forças para continuar, insistir, superar, aprender…  Hoje, ofereço esta conquista tão sonhada a você — fonte inesgotável de amor e realização pessoal, minha maior riqueza!