Dizem que os pais precisam de muitos sonhos para encantar, surpreender e ensinar os filhos a pensar. Resolvemos, então, sonhar… Mas não sonhamos sozinhos, cruzamos nosso mundo com o mundo de nossos filhos, pois, sem eles, a distância seria insuportável e as pedras do caminho se tornariam montanhas.

Aos nossos filhos agradecemos pelo amor que nos encorajou. Pelos momentos de dúvidas e alegrias que fizeram questão de dividir conosco. Obrigado pela compreensão, pelos olhares de incentivo e pelos momentos em que, com muita esperança, pensamos juntos no nosso futuro.